10 de Junho

As origens do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades remontam ao início do século XX, precisamente em 1924. O Dia de Camões começou a ser festejado a nível nacional com o Estado Novo, um regime instituído em Portugal por António de Oliveira Salazar, em 1933.

Camões representava o génio da pátria, representava Portugal na sua dimensão mais esplendorosa e mais genial. O feriado em honra de Camões (um dos símbolos da Nação) passou a ser a 10 de Junho uma vez que esta data foi apontada como sendo a da morte do poeta (1580) que escreveu “Os Lusíadas”.

Até ao 25 de Abril de 1974, o 10 de Junho era conhecido como o Dia de Camões, de Portugal e da Raça. Oliveira Salazar, na inauguração do Estádio Nacional em 1944, tinha denominado também o dia 10 de Junho como o Dia da Raça em memória das vítimas da guerra colonial. A partir de 1963, o feriado do 10 de Junho assumiu-se como uma homenagem às Forças Armadas e numa exaltação da guerra e do poder colonial. A segunda república não se revê neste feriado, pelo que, em 1978, o converte em Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

ONE COMMENT

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Santacastta – Uma jovem e inovadora empresa de animação turística, exclusivamente dedicada ao turismo de Experiências no Dão.

CONTACTOS

SANTACASTTA ® Wine, Flavors and Culture!
Web por Volupio, Flávio Guimarães e Francisco Cappelle